Matte Vs Shine

Taí uma briga boa!

Desde sempre sinônimo de verniz (esmalte) bem aplicado é verniz brilhante, mas desde que surgiu, já há algum tempinho, a versão mate (fosca ou baça, como preferirem 😉 ) que, ao início gerou estranheza, vem no entanto, ganhado a cada temporada mais seguidoras.

Confesso que eu também estranhei no início. Lembro-me de já ter pintado uma vez, mas foi só uma vez. E há alguns anos atrás. Acho que tamanha estranheza vinha de fazer lembrar vernizes velhos, sabe? Aqueles que a gente enrola para tirar e quando vê, metade do coitado já foi pro espaço e a outra metade, a que ficou, está fosca.

Mas nessa temporada ele voltou forte. Vi tantas, mas tannntas adeptas ao redor do mundo nas redes sociais que resolvi dar mais uma chance… E não é que gostei?! Fica diferente e além de muito mais trendy, dá outra cara àquela cor que você adora, mas que já não aguenta mais repetir. Acaba que é mais uma opção sem sair do tom favorito. Se você como eu usa gel, sabe que nem sempre há muita variedade e o acabamento mate acaba por dar mais uma opção. Por sorte, tinha um batom da mesma cor e achei que juntos ficaram perfeitos!

Mas nada de cair na mesmice, sim?! O preto fosco tá em alta e já tem um tempo. Mas não é por isso que tem que ser só preto, ok? Use e abuse em cores fortes que fica lindo; Use-o como base para desenhos em relevo; Use também sobre vernizes com brilhos que fico super bonito; ou use sobre nude que fica super chic,  enfim…

Se antes já havia mil e uma opções, agora o limite está só por conta da sua criatividade.

Por Andreza Fazio.