A Perfect 14 – Top Models da vida real

Responda sem pensar: você está feliz com seu peso? Até pode estar, mas talvez se perdesse uns 2 ou 3 quilinhos seria ótimo, é ou não é?! Pois é, saiba, minha amiga, que você não está sozinha. Eu, você e 99% das mulheres achamos que precisamos emagrecer. E o pior é que muitas vezes nem sequer estamos acima do peso! Loucura? Hum, acho que não.

A verdade é que somos diariamente programadas pela mídia para querermos tudo aquilo que não possuímos e dentre eles, um corpo maravilhosamente magro. O problema é em meio a tantos “estímulos”, confundimos o que realmente queremos com que querem de nós e o que em meio a tudo isso é realmente possível. E o resultado acaba sempre por ser ansiedade, frustração, e muitas vezes, depressão. Exagero? Quem nunca se sentiu péssima depois de se comparar com aquela imagem fantástica (e totalmente irreal ) da modelo ou da celebridade na capa da sua revista favorita?!

Por conta de temas como esse, surgiu A Perfect 14, uma iniciativa que explora o fascinante mundo da modelagem plus-size e mostra a luta das mulheres envolvidas para remodelar a moda e os padrões da “fashion-society”. O filme de divulgação do projeto que é fantástico – diga-se de passagem, relata as viagens dessas três modelos plus-size , que lutam contra a percepção distorcida da imagem corporal que está sendo perpetuado na mente das pessoas.

Elly Mayday, plus-size model canadense, que aos 25 anos, descobriu um câncer raro de ovário, mas continuou a modelar mesmo depois da sua perda de peso e de cabelo. Temporariamente afastado por sua doença, ela tem que esperar se recuperar para assinar seu contrato de sonho com uma das maiores agências de modelos em Nova York. Com mais de cem mil fãs em mídias sociais, Elly tornou-se uma inspiração para as mulheres que lidam com questões de imagem corporal em uma base diária .

10247423_268666683316007_2939261237988885487_n

Kerosene Deluxe é uma modelo europeu lendária plus-size cuja carreira levou-a por todo o mundo e já apareceu em inúmeras capas de revistas de moda. Sua infância traumatizante alimentou sua paixão como um porta-voz contra a vergonha de gordura e bullying. Kerosene escreve para mulheres que lutam com sua imagem corporal em uma coluna de conselhos da Missy/Ink Magazine. Com o apoio de seu marido, está trabalhando na criação da sua própria linha de lingerie para as mulheres plus-size .

1960113_711173852260568_2093094577_n

Laura Wells é top model internacional, vive na Austrália e foi nomeada Mulher do Ano pela Plus Model Magazine. No início, ela se recusou a se tornar um modelo quando foi abordado por causa de dúvidas sobre seu corpo (oi? que dúvida?!?!). Ela é um embaixador para o Greenpeace e da Fundação do Câncer de Mama de Sydney é um promotora ávida da imagem corporal positiva e saudável. Licenciada em ciência, seu objetivo é começar uma carreira na televisão, a fim de educar o público em questões ambientais.

398520_300021883369824_1388377438_n

O filme explora o termo controverso do plus-size e a divisão que tem sobre a sociedade através de entrevistas com designers, fotógrafos, modelos standard, agências, editores de revistas, líderes da indústria e pioneiros plus-size nas mecas do mundo da moda. Apresenta as histórias das modelos com uma exploração do tema ignorado pela maior parte dos “weightism”. O filme também expõe o inconsciente coletivo de segregação baseada no tamanho e sensibiliza à questão da responsabilidade dos meios de comunicação em ter como único foco as modelos magras, mostrando o forte impacto disso sobre a imagem do corpo e a auto-confiança das mulheres mais curvilíneas.

Veja o filme AQUI

 A Perfect 14, assim chamada porque acredita que a mulher tamanho 14 (nosso 44) é igualmente perfeita que a que veste tamanho 10 (UK – nosso 38). Bom, e eu concordo. Até porque, embora adoremos a moda, a verdade é que não vivemos numa passarela de uma Semana de Moda e que na realidade, as são roupas são feitas para mulheres reais e não o contrário…

Por isso, está na hora de deixarmos de ser indiferentes e começarmos a incentivar a diversidade da beleza feminina já! 😉